quinta-feira, 10 de julho de 2008

Lançamento!

Quando a arte japonesa de dobrar papel aporta em terras brasileiras, é inevitável que se misture nesse imenso caldeirão cultural que forma o nosso país. E é desta forma que nossas mãos mestiças e cheias de histórias vão adicionando às dobras suas cores, crenças, vivências, sincretismos, festividades. Sua ancestralidade e tudo o mais que vibra no imaginário popular, permeando suas referências e inspirando as criações. Pelo menos assim é comigo e acredito que seja com a maior parte dos (bons) dobradores. Não fosse isso, seríamos apenas copiadores de diagramas e seria impossível deixar nossa marca registrada, nossa cara, em cada peça.

E foi passeando por essas reflexões que nasceu a coleção Orixás. Eu queria dobrar gueixas. Mas então pensei: porque gueixas? Porque não buscar outra linguagem, outras referências, outros personagens? E assim foi. E assim foram nascendo, uma a uma.
Por enquanto, só os orixás femininos. Os masculinos ainda estão em fase de estudos, mas acho que logo logo estarão pintando por aí.


21 comentários:

Andréa disse...

Sempre passo por aqui, mas nunca deixo comentário nenhum... Dessa vez não resisti.
Ficaram muito lindas.
Parabéns

Bruna disse...

Lindas!!
Sou fã dos teus trabalhos, apesar de não comentar xP
asuhasuh

Abraço o/

Kátia Mitiko disse...

Flavita! Ficaram lindos, originais e tudo mais. Parabéns Lindinha

Hissami (Tchami) disse...

Oi, Flávia!!
Parabéns pela criatividade!!
Ficaram lindas!!

Bjaummm...

Flavia Penedo disse...

Olá, Andrea e Bruna, gora que comentaram pela primeira vez, espero que apareçam mais vezes! Entrem e sintam-se em casa!
beijos e obrigada!

Katita, que bom que gostou!

Oi Tchami! Obrigada!

TÂMARA disse...

ADOREI!
FICARAM LINDAS!
EITA BRASIL, COM SUAS MISTURAS. E QUE LINDA MISTURA!
PARABÉNS!

Susana Costa disse...

Uhuuuuuuuu!
M A R A V I L H O S O!
L I N D O D+...
Amei!
Bjus no coração!
Su

Falk Brito disse...

Oi! Tudo bem? Poxa! Acredite! Tô sem palavras! Serei franco: às vezes, a beleza me deixa assim: :)Tá lindo demais. Parabéns!

Raquel disse...

Nossa, que coisa mais lindaaaaaaaaa!!!
Adorei!
bjs

Celia disse...

Muito fofos! Agora tenho certeza de quem vc é.Bjs

Priscila disse...

Que idéia mais genial ! Ficaram lindíssimos, parabéns ! vou divulgar para que todos meu amigos vejam ( comunidade de origamia no orkut)
beijos !

Angel disse...

nossa to babando nesses orixas, por favor ensine eles, please ...
parabénsssssssss
bjusss

Regina Schultz disse...

Flavia...arrasou...ficaram lindos....isto é que é estar inspirada!!!!!
bjs

Alexey disse...

Oi tudo bem?

Gostaria de saber se você poderia me mandar os diagramas dessas bonecas Orixás?

Meu e-mail é alexeygami@hotmail.com.

Quando você fixer, se você puder, você também envia o diagrama do Omolú por favor?

Obrigado e uma boa noite...

Flavia Penedo disse...

Regina, obrigada pela visita e pelos elogios!

Aos outros, já estou respondendo nos respectivos e-mails e blogs.

beijos

Anônimo disse...

Oi flávia ficaram maravilhosos, será que vc poderia me ensinar, vai ter uma festa no centroem que eu frequento eu queria fazer de lembrancinha!!!
obrigado
francheze@hotmail.com

Eva Duarte disse...

arrasou!!!

botou pra lascar!

tá lindo demais esse projeto, chérie!!!

Pierre Verger iria amar!!!

; )

muitos beijinhos e força!
eva

D@lwytch@ disse...

Lindos!!!Vc. poderia enviar os diagramas dos Orixás e Omulu??Estão à venda??Meu email é:dalmanas@bol.com.br
Bjks

Eva Duarte disse...

flavia, chérie,
eu andei pensando.
eu queria muito ler tuas versões para as histórias dos orixás.
conta pra gente!
; )
beijinhos, bem muitos!!!
eva

meu blog disse...

Maravilha sua criação. Gosto muito de origami e todo tipo de trabalho em papel.
Parabéns seus trabalhos são belas esculturas
bjos

Maria Helena disse...

estou sem palavras! amo origami, (faço algumas coisas) e sou umbandista. Estou maravilhada com essa coleção, gostaria de fazê-los. Poderia me mandar o diagrama? desde já agradeço e peço a Oxalá (Jesus) luz no seu caminho, bençãos sempre e que suas mãos possam sempre estar produzindo muitas coisas belas. Um grande abraço.